gráfico

Esse gráfico deveria fazer os “militantes homossexuais” acéfalos refletir um pouco, pois ele apresenta uma grande verdade: não há nada (a não ser de maneira acidental) que seja caracteristicamente gay. Nós estamos no meio do “caldo humano”, compartilhando de todas as possibilidades que alguém nesta terra pode ter. Um movimento político que frise o acidental é tão surreal quando um que resolvesse advogar aquilo que é próprio dos subgrupos do gueto gay, como, por exemplo, um dos “pintosos” ou um dos “ursos”.

Anúncios